Autor: admin

O Que fazer? Churrasco x Salgadinhos

Tá, não sei vocês, mas eu já me cansei de festas com salgadinhos, os famosos Coquetéis. Meu paladar não tá dando muita conta deles mais não… Sei lá, tudo muda, o mundo muda, as pessoas mudam, só os salgadinhos que não mudam. Ou quando mudam, costumam mudar pra pior. E tem ainda um detalhe que piora a coisa toda: 4 em cada 10 salgadinhos ficam largados no pratinho em cima da mesa. Não é pessoal, nem tenho implicância nenhuma com os Coquetéis da vida, mas tem 33 anos que vou em festas e, salvo exceções, como sempre a mesma coisa… cansei, né?

O que piora a situação, em meu ponto de vista, é uma lenda existente no mundo dos eventos que relega o buffet de churrasco à condição de brega. Eu tenho a impressão de que essa má fama foi criada como uma estratégia de marketing pelo dono de uma empresa de salgadinhos, só pode. Alguém me responda, por favor: se brasileiro ama churrasco, por que os eventos com buffet de churrasco são pouco usados? Vivo me fazendo essa pergunta. E olha que nem sou tão carnívora assim.

Mas vamos fazer uma breve comparação entre ambos.

Vantagens do Coquetel

Bem, particularmente não vejo muitas, mas vou fazer um esforço.

  • Os salgadinhos talvez tenham um custo menor, porém na comparação custo x benefício, esta suposta economia acaba não compensando.
  • Todas as pessoas comem salgadinho, isso é uma vantagem. Porém, comer não significa gostar.
  • Coqueteis podem ser menos trabalhosos do que outros buffets, inclusive em termos de limpeza e organização. Mas também é uma vantagem que perde o sentido quando você opta por contratar uma empresa de buffet, porque, qualquer que seja o cardápio, o trabalho será por conta deles.
  • Caso algum convidado tenha intolerância ao glútem, ele simplesmente não terá nenhuma opção. Caso seja vegetariano, as opções são extremamente reduzidas.
Mesa de Salgados
Mesa de Salgados

Vantagens do Buffet de Churrasco

  • É delicioso!
  • Agrada paladares de todas as faixas etárias e classes sociais.
  • Desperta o paladar pelo olfato e visão.
  • É paixão nacional.
  • Vem sempre acompanhado por outros alimentos como arroz branco, farofa, vinagrete, frutas assadas, pães e saladas. O que contribui, inclusive, para alimentar convidados vegetarianos ou que estejam com restrições alimentares.
  • Os buffets de Churrasco têm alto valor nutritivo e causam saciedade muito mais rápido.
  • O custo x benefício é absolutamente perfeito.
  • O anfitrião deixa uma imagem muito boa em seus convidados.
  • Quando você contrata uma empresa para preparar o Buffet de Churrasco em sua casa, não precisa se preocupar com a limpeza e organização pós-evento.
Churrasco
Churrasco.

Talvez, o único inconveniente que vejo em contratar o serviço de Buffet de Churrasco, está relacionando com o local do evento. Existem alguns poucos lugares, como apartamentos, por exemplo, que ele não seria uma opção tão viável. Porém, ainda vale discutir a ideia com um profissional que fará esta avaliação de forma mais criteriosa.

Enfim, queridos, creio que já passou da hora de mudarmos este preconceito estranho que temos de servir churrasco em nossos eventos. Porque churrasco é bom e todo mundo adora!

Casamento Com Buffet de Churrasco

É, no mínimo um paradoxo estranho o fato de todo brasileiro ser alucinado por buffet de churrasco, mas ao mesmo tempo considera-lo inapropriado para as festas de casamento. Há um tabu em torno dos buffet de churrasco que precisa ser quebrado. O que torna um casamento deselegante não é a comida servida, mas sim a forma de servir. Além disso, o que mais conta na estética de um evento é a decoração.

Buffet de Churrasco
Buffet de Churrasco

Quando posso optar pelo buffet de churrasco?

Na verdade, sempre que você quiser. Pois sua vontade sempre deve ser maior do que qualquer convenção da sociedade. Mas, alguns casamentos são mais receptivos para o buffet de churrasco do que outros, por questões meramente estéticas e culturais.

Uma festa de casamento no campo, por exemplo, tem tudo para receber um lindo e saboroso buffet de churrasco. Ainda mais se a festa tiver uma temática rústica. Hoje está muito em alta, para os amantes da cultura sertaneja, aqueles casamentos onde a noiva calça botas texanas, o noivo se casa de chapéu e os padrinhos vestem-se todos nesta mesma linha. Para este tipo de evento, o buffet de churrasco é quase obrigatório.

E os horários? Casamentos realizados á noite podem servir buffet de churrasco? Poder até podem, mas é um tipo de buffet que agrada mais quando servido durante o dia, ou próximo do horário do almoço.

O que deve ser serviço num buffet de churrasco?

Para você que está animada com a possibilidade, mas ainda passa pela sua cabeça que churrasco é carne, arroz e vinagrete, pode acabar rapidinho com essa imagem, porque o buffet de churrasco tem um cardápio variado, fino e extremamente saboroso.

Uma variedade imensa de carnes, muitas vezes contemplando até carnes de caça, saladas diversas, arroz branco, molho de vinagrete caprichado, petiscos, pães, batatas, frutas assadas são apenas alguns exemplos. E para os convidados vegetarianos? Existem espetinhos de vegetais assados direcionados justamente para os convidados que não comem carne. Procure uma empresa especializada neste tipo de serviço e apaixone-se pelo cardápio que eles oferecem.

Quais as bebidas que mais combinam com buffet de churrasco?

Essa é fácil e agrada quase que 100% dos brasileiros: cerveja e caipirinha. Para incrementar, você pode contratar um barman que cuidará da preparação e serviço das caipirinhas, de forma bonita e especial. Nada impede que você sirva também outros destilados como wisque, vodka, conhaque etc.. E os vinhos, podem? Sim, podem e devem. Segundo os especialistas, churrasco combina mais com vinho do que com cerveja (pasmem). Eles recomendam vinhos brancos no início do churrasco e vinhos tintos e taninos para acompanhar as carnes mais gordurosas. E, não podemos esquecer de bastante água, sucos naturais e refrigerantes.

E quais as sobremesas combinam com buffet de churrasco?

Frutas são excelentes, por serem leves e de fácil digestão. Além da acidez presente na maioria delas, o que contrasta com as carnes gordurosas. Outras opções são mousses, sorvetes e o tradicional bolo de casamento.

Eventos Corporativos

Quem nunca se viu perdido sem saber a diferença exata de um simpósio para um congresso? E a palestra que a gente nunca sabe se é uma conferência… Bora matar de uma vez por todas esses fantasmas dos eventos corporativos? Abaixo, de uma forma bem didática, os eventos e suas particularidades:

  • Brainstorming

Esta palavra traduzida para o português significa “debate”. Porque, quando separamos ela ao meio, “brain” é cérebro e “storming” é tempestuosidade. O que acontece com cérebros tempestuosos? Eles debatem. E este evento é exatamente isso: o estímulo ao pensamento livre com foco em solucionar problemas.

Eventos Corporativos
Eventos Corporativos
  • Conferência

Grande parte das pessoas confundem conferência com palestra. A diferença é bem simples: conferências são mais formais, palestras podem ser mais descontraídas. Nas conferências, sempre haverá uma autoridade em algum tema, discursando para um grande número de pessoas e um presidente de mesa para conduzir a apresentação. Conferências são marcadas também pela presença de um certo protocolo onde, por exemplo, perguntas só são permitidas por escrito e identificadas.

  • Congresso

Esse é fácil de lembrar. É aquele evento grande, cheio de atividades diferentes e que, normalmente, demanda mais que um dia. Os congressos têm como objetivo debater ou apresentar um ou vários temas para um segmento específico. Num congresso, os organizadores lançam mão de vários eventos diferentes, como mesa redonda, palestras, work shop, conferências etc..

  • Convenção

É uma reunião mais elaborada, com profissionais de uma mesma empresa ou ainda, com profissionais do mesmo ramo entre empresas diferentes. Muito usada para lançamento de produtos/serviços, comemorações e/ou vendas.

  • Debate

Dois ou mais oradores, cada um deles defendendo sua tese em relação à algum assunto. Nos debates existe a presença do público que interage fazendo perguntas, aplaudindo e protestando, quando o protocolo permite. Os debates são muito usados em campanhas políticas.

  • Fórum

É um grande debate que envolve todos os presentes. Conta sempre com a presença de um mediador, que apresenta o tema e vai coordenando a interação livre dos participantes.

  • Mesa Redonda

É uma reunião, geralmente, numa mesa redonda mesmo, com a presença de alguns especialistas em determinadas áreas. O interesse principal é discutir algum ou alguns temas, diante da abordagem de cada um dos envolvidos.

  • Painel

Muito parecido com a mesa redonda. Basicamente existe um semi círculo formado ao centro com integrantes de um mesmo grupo defendendo a mesma ideia para um grupo maior de pessoas. Geralmente as discussões são polêmicas e questionadoras.

  • Palestra

Um dos eventos mais comuns, as palestras contam com a presença de um palestrante, que aborda um assunto e discursa sobre ele. Há a abertura para perguntas e até mesmo alguns debates. Numa palestra geralmente a plateia conta com um número grande de pessoas e não existe muita formalidade.

  • Simpósio

O simpósio e a conferência são muito confundidos, porque o protocolo de ambos exige tom formal, um coordenador e perguntas escritas e identificadas. Porém, a diferença principal entre elas é que na conferência o normal é que se tenha apenas um conferencista. O simpósio conta com a presença de alguns especialistas renomados e as apresentações são de caráter científico.

  • Seminário

Atividades sequenciais, coordenadas por instrutores capacitados para levar os participantes a desenvolver conhecimento, aprendizagem e capacidades em algum campo específico. Não existe a necessidade de chegar a conclusões no que diz respeito aos debates que vão aparecendo no decorrer das atividades. Veja Empresas Inteligentes Apostam em Eventos.

Empresas Inteligentes Apostam em Eventos

Não sei dizer como é em outros países, mas aqui no Brasil, meu amigo, a gente adora um evento. Nem futebol nem carnaval, paixão nacional mesmo é festa. Do churrasquinho na laje ao jantar de gala da empresa. Todo brasileiro ama confraternizar enquanto come e comer enquanto confraterniza. E as empresas antenadas já perceberam isso há anos. Perceberam, inclusive, que investir em eventos para os funcionários não é perda de dinheiro. Muito pelo contrário…

Vamos aos dados. Segundo a revista Gestão e Negócios, “Tudo isso tem um resultado claro: a empresa colhe funcionários motivados e comprometidos”. A mesma revista relata ainda que em alguns casos, há um aumento de até 10% nas vendas quando a empresa investe em eventos para os colaboradores. Micheli Gargalhone, assessora de direção de uma empresa, ao ser entrevistada pela revista Gestão e Negócios, justifica esse investimento: “(…) Sem contar que, quando as pessoas se juntam, trocam ideias, surgem novos pensamentos e a lâmpada ascende”.

E você, micro e pequeno empresário, não pense que este é um privilégio apenas para as empresas de grande porte. Claudia Cardillo, gerente de novos negócios da Stap Comunicação, explica que: “Os micro e pequenos negócios também podem entrar nessa onda e promover eventos de incentivo e motivacionais tanto para o público interno, quanto para o externo”. Pois, mais importante do que o dinheiro a ser investido, é a criatividade com a qual esta atividade deve ser encarada.

Para você que ficou interessado em surfar nessa onda, o melhor caminho para começar é este:

  • A primeira ação a ser tomada é destinar uma verba anual para esta finalidade. Lembre-se: não encare esta verba como um passivo, encare como um investimento que lhe trará grandes recompensas.
  • Com a verba já definida, é hora de calcular o valor médio de cada evento. Para isso as informações mais importantes são: número de funcionários e o tipo de evento que você quer realizar.
  • Agora, é hora de determinar quantos eventos você deseja realizar durante o ano e delegar a algum funcionário a responsabilidade de organizar estes eventos. Observe neste momento quem da sua equipe possui habilidades para isso e esteja sempre a par de todas as decisões tomadas.

E a parte da criatividade, onde entra? E se minha verba for pequena, como vou conseguir realizar eventos para meus funcionários? Acima, nós apontamos o caminho do ponto de vista gerencial para implantar estas atividades em sua empresa, certo? Agora, abaixo, listaremos algumas ideias e casos de sucesso para você se inspirar:

eventos_corporativos
Eventos Corporativos
  • Vá criando nos funcionários um clima de festa com antecedência, promovendo o engajamento de todos, porque assim a animação pré-evento vai tomar conta do ambiente de trabalho.
  • É lógico que todos gostam de festas espetaculares, porém, não se iluda. Toda festa é boa e bem vinda. Então vale á pena separar um espaço dentro da própria empresa e presentear os funcionários com metade do expediente num churrasco simples, porém divertido. Para isso, basta contratar um serviço de churrasco, que vale o investimento e te poupa de todo o trabalho.
  • Além dos motivos comuns para comemoração como bater metas, aniversário da empresa, fechamento de contratos e fim de ano; existem também outras comemorações que as empresas costumam deixar passar. Que tal comemorar de formas diferentes os aniversariantes do mês? E um café especial para confraternizar a páscoa? Já pensou em receber seus colaboradores com uma mesa cheia de quitutes de festas juninas? Além de esquentar o frio do inverno, você dá um gás a mais na sua equipe.
  • Existem empresas especializadas em buffet para empresas. A parte boa é que, além de você não ter que se preocupar com a preparação nem a limpeza pós-evento, ainda existe a possibilidade de fechar um pacote e obter desconto por fidelização.

Enfim, motivos para comemorar não faltam e de qualquer forma que você escolher, tenha certeza de que será bem vinda. O mais importante é o ambiente harmônico entre os colegas de trabalho. E nada melhor do que esses pequenos eventos para que as amizades se firmem.

Dicas para organizar um coffee break

A primeira coisa que devemos saber é: O que é um coffee break? Muito utilizados em eventos corporativos, geralmente entre uma palestra e outra ou quando o evento é mais extenso, o coffee break significa “pausa para o café”, ou seja, um intervalo para fazer um lanche rápido, tomar uma água, trocar ideias e repor as energias.

Mas algo que parece ser simples, acaba tirando o sono de muitas pessoas. Pensando nisso, separamos algumas dicas de ouro para você organizar um coffee break com perfeição:

Mesa de Coffee break
Mesa Exemplo
  • O que devo servir em um coffee break?

Penso que seja crucial analisar dois pontos para montar um cardápio: a região onde ocorrerá o evento e a data. Vale, inclusive, consultar os sites de meteorologia, uma semana antes, para ajustar o cardápio a uma possível mudança de clima. Porque é óbvio que o paladar das pessoas está diretamente ligado à cultura de cada região e ao clima. Porém, os mais usuais são:

  • Café,
  • Suco,
  • Chá,
  • Leite,
  • Água,
  • Salgadinhos,
  • Pães,
  • Bolos,
  • Frutas,
  • Torradas,
  • Sanduíches,
  • Presunto, mussarela, queijo minas,
  • Patês, geleias, manteiga, margarina, requeijão,
  • Açúcar, adoçante
  • Como calcular a quantidade de comida e bebida para um coffee break?
Opção Simples coffee break
Opção Simples

Esta é, certamente, a primeira dúvida que todos têm. Mas, apesar de parecer difícil, essa mensuração é muito simples. Caso você vá contratar um buffet para servir o coffee break, basta informa-los qual o tempo estimado de duração do mesmo e o número de participantes, e eles se encarregarão da quantidade certa. Mas, caso você não contrate um buffet, basta fazer um cálculo prevendo que cada pessoa consome, em média:

  • 250 ml de bebidas,
  • 5 salgados,
  • 3 petiscos doces,
  • 1 pedaço de fruta.

Caso haja mais de um coffee break no mesmo evento, lembre-se de multiplicar as quantidades pelo número de intervalos.

A melhor forma de servir um coffee break é montando aparadores (a quantidade de aparadores vai depender do espaço disponível e do número de participantes) forrados com uma toalha grande e com todos os alimentos dispostos por cima. Você pode optar por separar os alimentos sólidos dos líquidos em aparadores diferentes, ou apenas delimitar espaços específicos para cada uma das categorias.